Nossa História

1669
A Descoberta

O padre jesuíta João Felipe Bettenford "descobre" o fruto do guaraná ao observar os índios Maués, durante uma expedição pelo Alto Amazonas. O padre relata que o fruto chamado guaraná é amassado em cuia d’água e traz tanta força, quando bebido, que os índios ficam sem fome durante um dia inteiro de caça. O fruto era também usado para curar febres, cãibras e dores de cabeça.

1819
O Comércio

Já existia um comércio crescente do guaraná em Estados distantes, como Mato Grosso, e também o envio para países vizinhos, como a Bolívia. É provável que essas transações tenham aberto os rios Madeira e Tapajós para o comércio.

1826
O Guaranazeiro

O guaranazeiro foi estudado pela primeira vez pelo naturalista alemão Carl von Martius, e, nessa época, as qualidades terapêuticas da planta já se difundiam na Europa, causando grande interesse.

1885
O Terreno

Um grupo de industriais paulistas adquire um terreno no bairro da Água Branca (SP), onde futuramente seria instalada a matriz da Companhia Antarctica Paulista.

1891
A Companhia Antarctica Paulista

Em fevereiro, é oficializada a constituição da Companhia Antarctica Paulista como uma sociedade anônima.

1905
O Processamento do Fruto

São realizadas as primeiras experiências com o guaraná para verificar a possibilidade de utilizá-lo em alimentos. O médico Luiz Pereira Barreto cria a tecnologia de processamento do fruto guaraná. A pesquisa servia de base para transformar o guaraná no principal ingrediente de um refrigerante tipicamente brasileiro.

1921
Criação da Fórmula Secreta

Criação da fórmula secreta do Guaraná Antarctica e início da sua produção e comercialização. Desde a criação da fórmula, o segredo é guardado a sete chaves e compõe o grande mistério e sucesso do produto.

1950
Lançamento do Guaraná Caçula

Lançamento do Guaraná Caçula de 185 ml, até então inédito no Brasil. O "Caçulinha" oferecia mais praticidade e era perfeito para almoços de domingo e piqueniques em família.

1963
Construção da Unidade Fabril

A Antarctica constrói em Maués (AM) a unidade fabril para processar as sementes de guaraná e a Fazenda Santa Helena, voltada para pesquisa e plantio do guaranazeiro.

1971
Início do Plantio

Início do plantio do guaraná na Fazenda Santa Helena. Hoje, a propriedade é considerada um grande laboratório e o maior banco genético do fruto no mundo – algumas variedades só existem no local.

1981
Lançamento dos Refrigerantes

São lançados os refrigerantes da Antarctica, nos sabores: Guaraná Champagne, Soda Limonada e Água Tônica. As embalagens foram criadas em lata de folha de flandres.

1984
Garrafas de Vidro

A marca lança sua famosa versão, comercializada em garrafas de vidro de 290 ml.

1988
Lançado o Guaraná Antarctica Diet

Os adoçantes alternativos utilizados em sua fórmula criaram o primeiro refrigerante nacional a reduzir o valor calórico sem alterar seu o sabor original.

2002
Seleção Brasileira

A marca começa a sua relação com a Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo Coreia-Japão quando se torna patrocinadora oficial do time.

2004
Guaraná Antarctica ZON

Lançamento do Guaraná Antarctica Zon, nome dado em referência à Amazônia. A bebida, com alta dose de guaraná em sua composição, transformou-se no primeiro refrigerante energético do País. No mesmo ano, é lançada a versão Zero do produto.

2006
A Primeira Edição Comemorativa

Patrocinador oficial da Seleção Brasileira na Copa da Alemanha, o Guaraná Antarctica lança sua primeira edição comemorativa: o Guaraná Antarctica Seleção com toques de morango, kiwi ou abacaxi.

2007
Guaraná Ice e Kibon Guaraná Antarctica

O Guaraná Antarctica lança a primeira bebida gaseificada do Brasil com efeito cooling, o Guaraná Ice. Além disso, a AmBev e a Unilever formam uma parceria inusitada para apresentar o picolé Kibon Guaraná Antarctica.

2008
Maior Embalagem do Mercado

Lançamento da maior embalagem do mercado brasileiro, uma garrafa com 3,3 L. E também do Guarah, uma bebida refrescante, levemente gaseificada, zero açúcar e com suave sabor da versão original.

2010
Guaraná Antarctica Açaí

A fim de trazer um novo produto que tivesse ligação com a proposta natural da marca, foi lançado o refrigerante Guaraná Antarctica Açaí. Produzido com extrato de açaí, a bebida gaseificada possuía mais cafeína que o tradicional guaraná. No mesmo ano, é relançado o Guaraná Zero.

2013
Pet 100% Reciclado

Guaraná Antarctica inova e apresenta, pela primeira vez no mercado, uma garrafa PET feita com 100% de material reciclado. O movimento da marca retirou, após nove meses do lançamento dela, mais de 120 milhões de garrafas PET do meio ambiente.

2015
Guaraná Antarctica Black

Lançamento do Guaraná Antarctica Black, uma combinação do autêntico guaraná com o sabor do açaí e de frutas naturais da Amazônia. Uma bebida única e original, de coloração e espuma avermelhadas, diferente de tudo o que existe hoje no mercado.