O prodígio da família Pupo

O surf tá no sangue dessa família. FIlho do ex-surfista e shaper Wagner Pupo e irmão do surfista profissional Miguel Pupo, Samuel surfa desde que usava fraldas. O atual melhor surfista sub-18 do mundo contou como foi surfar com a prancha de garrafa pet reciclada.

Pupo

 

Qual a sensação de surfar com uma prancha de pet?

Nunca imaginei que isso seria possível, realmente foi incrível surfar com essa prancha.
 

A prancha de pet é um pouco mais pesada que pranchas com materiais usados hoje, como a resina Epoxy. Ela respondeu bem na água?

Sim, a prancha é um pouco mais pesada, mas creio que, com a tecnologia que estão investindo, ela pode ser melhorada e ser usada pra alta performance.

Pupo

 

Pupo
Muitos shapers estão produzindo pranchas ecológicas, de materiais reaproveitados. Essa tendência pode ajudar a democratizar ainda mais o surf?

Com certeza. Nós, como surfistas profissionais, vivemos no mar em contato direto com a natureza e sofremos na pele a poluição. Essa tendência com certeza é o futuro.
 
Recicle
 

 

O que passa pela sua cabeça ao pensar que é possível transformar 756 garrafas pet numa prancha de surf?

No passado do surf, as pranchas eram de madeira e árvores eram cortadas. Hoje, com essa tecnologia de reciclagem, a nossa natureza agradece e eu como surfista achei incrível essa sensação de surfar com essa prancha, evitando a destruição do nosso planeta.

“O surf tem evoluído muito e essa prancha vai fazer parte dessa evolução.”
– SAMUEL PUPO

 

Pupo

 

Você acha que um dia vai surfar numa bateria da WSL com uma prancha de material reciclado?

Sim, estou na expectativa pra que isso aconteça. E não vai demorar muito.
 

Qual a importância desse projeto pra conscientização da reciclagem do plástico do mar?

O mundo precisava urgente de uma iniciativa assim. Com certeza, é de muita importância pra todos nós. E muito mais pra nossa natureza e oceanos.
 

Como foi ser convidado pra ser a estrela do filme que lança a prancha pet de Guaraná Antarctica?

Me senti honrado pelo convite de Guaraná. Só tenho 16 anos, viajo o mundo. Sei o quanto a reciclagem é importante pro meu futuro, pro futuro do esporte e do meu planeta.

“Sei o quanto a reciclagem é importante pro meu futuro, pro futuro do esporte e do meu planeta.”
– SAMUEL PUPO

Prancha

 

Recicle

Qual a mensagem que você gostaria de deixar pros seus fãs que frequentam as praias?

Quero agradecer aos meus fãs. Todos nós temos que olhar pro nosso futuro e valorizar a importância da reciclagem. Essa semana mesmo, em Maresias, apareceu um golfinho bebê morto e duas tartarugas. Com certeza, se não tomarmos uma atitude agora nosso futuro não será bom.
 

Qual o impacto que uma prancha como essa pode causar no esporte?

O surf tem evoluído muito e essa prancha vai fazer parte dessa evolução.

Próxima
Ambev e Coca-cola juntas pela reciclagem